03:37 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)
    173
    Nos siga no

    O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou na noite deste domingo que as medidas de isolamento social deverão ser mantidas ao longo do mês de abril na capital fluminense.

    Por meio de uma transmissão em uma rede social, Crivella explicou que a decisão veio após uma reunião de duas horas com a comunidade científica acerca da pandemia da COVID-19. No encontro, foi consenso que as medidas restritivas devem ser mantidas.

    Contudo, o prefeito declarou que há setores da economia, sobretudo no comércio, que querem retomar as atividades. Ele também não afirmou quando as medidas restritivas no Rio terminarão. Para justificar a manutenção do isolamento, ele citou os dados mais recentes.

    De acordo com o município, já há 42 mortes confirmadas na capital ligadas ao novo coronavírus, enquanto outros 44 casos estão sob investigação.

    "Nossa preocupação era poder atender a todos. Mas na rede privada, estadual e militar somados os casos, os números inspiram muitos cuidados. Pedimos que as pessoas continuem a adotar medidas de isolamento social [...] Essa crise vai passar. Mas já foram 42 mortes em março. Precisamos manter o afastamento social este mês para não perder tantas vidas como em março", declarou Crivella.

    Na mesma transmissão, o prefeito fluminense comentou que as caminhadas na orla, por exemplo, não estão proibidas, mas que é preciso evitar toda e qualquer aglomeração.

    "Por amor a você, a sociedade e a Deus mantenham as medidas de afastamento social que foram determinadas. E se você tem alguma comorbidade, fique na sua quarentena, independente de ser idoso. Mesmo se trabalhar na indústria ou outro setor e tiver problemas, fique em casa na sua quarentena", pediu.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)

    Mais:

    Vereadores arquivam denúncia e Marcelo Crivella escapa de sofrer impeachment no Rio
    Gestão Crivella é um 'caos em todos os aspectos', diz economista
    Aliado de Bolsonaro, Crivella anuncia reabertura do comércio no Rio, mas Witzel deverá barrar medida
    Tags:
    idosos, saúde, Marcelo Crivella, novo coronavírus, COVID-19, isolamento, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar