15:17 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 (101)
    7463
    Nos siga no

    O Brasil decidiu nesta sexta-feira (27) ampliar a todas nacionalidades a restrição à entrada de estrangeiros por via aérea no país pelos próximos 30 dias.

    A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União e é assinada por Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública.

    A entrada de pessoas não brasileiras por via aérea já estava proibida por 30 dias para aqueles que viajavam ao Brasil de todos países integrantes da União Europeia, do Irã e de alguns locais da Ásia.

    "Fica proibida a entrada de estrangeiro no País, independente da nacionalidade, em trânsito internacional por via aérea, quando o país de destino ou de sua nacionalidade não admitir o seu ingresso por via aérea, terrestre ou aquaviária", diz a norma.

    Ainda segundo o texto, "as empresas aéreas devem impedir o embarque de estrangeiros com destino ao Brasil".

    Segundo o último balanço divulgado pelo Ministério de Saúde, a contaminação pelo novo coronavírus no país atingiu a marca de 3.417 casos e 92 mortes.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 (101)

    Mais:

    'Alguns vão morrer, lamento, é a vida', diz Bolsonaro
    Brasil registra 15 novas mortes por coronavírus e vítimas fatais chegam a 92
    COVID-19: Brasil inclui Irã em lista de restrições para entrada no país
    Tags:
    fronteiras, estrangeiros, novo coronavírus, COVID-19, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar