04:15 14 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 (101)
    302
    Nos siga no

    O Brasil incluiu nesta segunda-feira (23) o Irã na lista de países com restrições para entrada por 30 dias por via aérea no Brasil por causa da pandemia da COVID-19.

    De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a medida também descomplica a burocracia para cidadãos que precisam entrar no território brasileiro para retornarem a seus países de origem.

    Na semana passada, o governo do presidente Jair Bolsonaro editou uma portaria que proibia a entrada no país por via aérea de estrangeiros vindos de 12 blocos e países, incluindo toda a União Europeia, a China e o Japão. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

    No entanto, o presidente brasileiro deixou os Estados Unidos de fora da lista, apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter registrado aumento acelerado no número de casos nos EUA na última semana.

    Além das restrições aéreas, na semana passada o governo brasileiro fechou por 15 dias as fronteiras terrestres com Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana Francesa, Paraguai, Peru e Suriname. No último domingo (22), a fronteira com o Uruguai foi fechada por 30 dias.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 (101)

    Mais:

    Especialista: fechamento de fronteiras é constrangedor, mas necessário
    É impossível Uruguai se reerguer sem ajuda do Brasil e Argentina, diz especialista
    OMS afirma que os EUA podem se tornar epicentro da pandemia do coronavírus
    Tags:
    Irã, Brasil, pandemia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar