23:21 01 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    220
    Nos siga no

    O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (20) que vai implementar hospitais de campanha no estádio do Pacaembu e no Anhembi.

    Segundo o prefeito, os hospitais de campanha vão contar com parceria do hospital Albert Einstein. Serão leitos de baixa complexidade e os locais serão refrigerados. O Pacaembu será coberto e serão colocados 200 leitos. No Anhembi, serão 1.800 leitos.

    "Vamos adaptar esses dois espaços, um deles cedido pelo novo concessionário do Pacaembu, que estará pronto em duas semanas. Já as 1.800 vagas no Anhembi estarão prontas em até três semanas", afirmou Covas, citado pelo jornal O Estado de S.Paulo.

    O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, disse que os locais já poderão receber atendimento nas próximas duas ou três semanas.

    "Faremos grandes hospitais de campanha para abrigar as pessoas que ainda não estão agravadas nos nossos hospitais para poder internar as pessoas que precisam das UTIs. É uma nova fase. São iniciativas de um enorme impacto do ponto de vista de saúde pública", afirmou.

    A Prefeitura de São Paulo também anunciou que a cidade terá 490 novos leitos de UTI. Atualmente, o município conta com 507 leitos.

    Mais:

    Depois de salvar as pessoas físicas, governo precisa pensar nas pessoas jurídicas, diz empresário
    Moradores de São Paulo opinam se Brasil está preparado para coronavírus (VÍDEO)
    São Paulo tem 5ª morte provocada pelo novo coronavírus
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, campanha, hospital, Estádio do Pacaembu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar