21:13 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    221
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro será submetido a um novo teste para detecção do novo coronavírus, de acordo com informações do Ministério da Saúde, horas após o próprio mandatário ter divulgado que não teria a doença, com base em um exame anterior.

    De acordo com o G1, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recomendou a repetição do exame ao presidente, que acatou o pedido. Pelo protocolo, costuma ser respeitado um prazo de sete dias para um novo exame, porém o prazo pode ser adiantado se surgirem sintomas.

    Não está claro se este seria o caso envolvendo Bolsonaro, que mais cedo nesta sexta-feira garantiu que seu exame para detecção do novo coronavírus deu negativo. Mandetta apenas informou que, uma vez manifestado qualquer sintoma, é possível realizar o exame a qualquer momento.

    Anteriormente, Bolsonaro havia feito um teste na quinta-feira com material colhido no Hospital das Forças Armadas no Palácio da Alvorada, e realizado por um laboratório particular. O resultado foi negativo, segundo o presidente.

    Sem compromissos oficiais até a próxima segunda-feira, Bolsonaro ficará em isolamento domiciliar no Palácio do Alvorada, onde vive com a primeira-dama Michelle Bolsonaro e a filha Laura.

    O temor em torno da saúde do presidente se deve ao fato do secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, ter contraído o novo coronavírus e ter integrado a recente ida da comitiva presidencial aos EUA.

    Mais:

    Rio de Janeiro suspende eventos públicos e antecipa férias escolares para conter COVID-19
    Coronavírus não deve parar Congresso, mas reformas terão dificuldade, diz analista
    Manifestações contra Bolsonaro são canceladas devido à COVID-19
    Tags:
    teste, saúde, novo coronavírus, Ministério da Saúde, Jair Bolsonaro, Estados Unidos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar