01:38 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (13), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, decretou a suspensão de eventos públicos no estado e antecipou as férias escolares das redes pública e privada. A medida tem como objetivo conter a pandemia do novo coronavírus.

    A suspensão de eventos públicos inclui comícios, passeatas e manifestações. As autorizações da prefeitura já concedidas para eventos foram canceladas. A suspensão abarca eventos esportivos, shows, teatros, eventos científicos e feiras. Quaisquer eventos privados que dependam da autorização da prefeitura também foram suspensos.

    A medida também antecipa as férias escolares de 15 dias, que terão início a partir da segunda-feira (16). A suspensão das aulas poderá ser revalidada em duas semanas. As aulas de universidades públicas no estado também foram suspensas.

    As repartições públicas do estado também terão expediente reduzidos para evitar aglomerações. O governo do estado sugere também que as empresas adotem regime de trabalho de casa.

    Além disso, o decreto também suspende visitas a presídios. A entrada de advogados terá que atender a normas específicas das unidades prisionais. 

    O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais casos do novo coronavírus confirmados no Brasil. Dos 98 casos confirmados até agora pelo Ministério da Saúde, 16 estão no Rio, que também já confirmou transmissão local do vírus.

    Mais:

    Após sucessivas quedas, Bovespa demonstra sinais de melhora com recuperação de mais de 11%
    Resultado de teste mostra que Bolsonaro não está com o novo coronavírus
    Guedes promete medidas de combate aos efeitos do coronavírus em 48h
    Tags:
    Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar