09:43 13 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    6111
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (12) que não está preocupado pelo fato de o presidente Jair Bolsonaro estar sob monitoramento em relação ao coronavírus.

    O secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, que viajou com o presidente Jair Bolsonaro para os EUA e esteve pessoalmente ao lado de Donald Trump foi confirmado positivo para o coronavírus.

    "Jantamos juntos em Mar-a-Lago, na Flórida, com a delegação inteira. Não sei se o assessor de imprensa [Wajngarten] estava lá. Se estava, estava. Mas não fizemos nada fora do usual. Sentamos perto por algum tempo, tivemos uma ótima conversa. Ele [Bolsonaro] está fazendo um excelente trabalho no Brasil e vamos descobrir o que vai acontecer", declarou Trump ao falar com a imprensa na Casa Branca.

    "Acredito que estejam sendo testados agora. Deixa eu colocar da seguinte maneira: não estou preocupado", acrescentou.

    ​Foi confirmado nesta quinta-feira (12) que o secretário de Comunicação da Presidência (Secom), Fabio Wajngarten, testou positivo para o novo coronavírus. O secretário aguarda a contraprova, que já foi realizada, em quarentena em casa.

    O Palácio do Planalto se pronunciou afirmando que seu serviço médico "está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do Presidente da República e de toda comitiva presidencial que o acompanhou" na recente viagem oficial.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar