11:37 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    7314
    Nos siga no

    Neste domingo (8), o promotor Osmar Legal afirmou ao site Globo Esporte que Ronaldinho segue sob investigação no país vizinho.

    Segundo a publicação, Ronaldinho e seu irmão Roberto de Assis são investigados por mais crimes além do caso da falsificação de passaporte.

    Ambos seguem no Paraguai sob prisão preventiva, o que pode durar até seis meses. Neste domingo, Osmar Legal pediu a manutenção da prisão dos brasileiros.

    Osmar Legal, no entanto, não descreveu quais são os crimes pelos quais os irmãos brasileiros são investigados, mas afirmou que há indícios que apontam as irregularidades. Além da prisão de ambos, a empresária Dalia López também teve a prisão solicitada pelo promotor.

    Ronaldinho e Assis tentaram entrar no Paraguai na quarta-feira (4) com passaportes adulterados. No dia seguinte, ambos foram ouvidos no Ministério Público local.

    Já na sexta-feira (6), os irmãos tiveram a prisão preventiva decretada para evitar que deixassem o Paraguai. Uma nova audiência foi realizada no sábado (7), quando a prisão foi mantida.

    Mais:

    Ronaldinho Gaúcho não será indiciado pelo Ministério Público do Paraguai
    Ronaldinho é preso no Paraguai
    Justiça do Paraguai determina prisão de Ronaldinho Gaúcho e do irmão
    Tags:
    Paraguai, Brasil, Ronaldinho Gaúcho
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar