22:52 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    11155
    Nos siga no

    O ex-presidente brasileiro Lula encontrou nesta sexta-feira (6) John Shipton, pai do jornalista e fundador do WikiLeaks, Julian Assange. A agenda ocorreu em Genebra, na Suíça. 

    "Toda minha solidariedade. A humanidade deveria exigir a liberdade de Assange. Ao invés de preso ele deveria ser tratado como um herói", disse Lula.

    Em nota, o ex-presidente também afirmou que pretende "se somar à onda de solidariedade ao fundador do WikiLeaks" e  informou que entregou uma carta de Shipton ao Papa Francisco.

    Assange, responsável por publicar milhares de documentos secretos dos Estados Unidos e de diversos outros governos por meio do WikiLeaks, está preso no Reino Unido desde abril de 2019. Ele foi expulso da embaixada do Equador em Londres e os Estados Unidos pedem sua extradição

    Em território estadunidense, Assange é acusado de espionagem e poderá receber uma pena de até 175 anos de prisão.

    Mais:

    Lula critica Bolsonaro na crise Irã-EUA e afirma: Washington precisa sempre eleger inimigo
    Bolsonaro bate Lula e Moro e lidera corrida presidencial para 2022, mostra pesquisa
    Analista: visita de Lula ao Papa Francisco tem viés eleitoral, mas PT terá de falar com evangélicos
    PF investiga Lula com base em Lei de Segurança Nacional
    Em depoimento a juiz, Lula nega ter recebido propina e chama acusação do MPF de 'leviana'
    Tags:
    WikiLeaks, PT, Lula, Julian Assange
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar