11:14 13 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 121
    Nos siga no

    Após o primeiro caso confirmado de coronavírus em São Paulo, pesquisadores do Brasil e da Universidade de Oxford sequenciaram o genoma do vírus 2019-nCoV.

    Os cientistas realizaram o trabalho em apenas dois dias, enquanto geralmente é feito em 15 dias, de acordo com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo (Fapesp).

    "É uma velocidade incrível. Da mesma maneira como a Itália fez lá recentemente e publicaram. Isso ajuda no desenvolvimento de testes de diagnóstico, ajuda em uma série de outros desenvolvimentos tecnológicos, tem um peso muito importante", disse o secretário nacional de vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, citado pelo G1.

    A importância da análise genética do RNA de um vírus é de desenvolver vacinas e criar testes diagnósticos. Além disso, é importante para a compreensão da dispersão e para detectar mutações que possam alterar a evolução da doença.

    Uma análise preliminar da sequência já está disponível online.

    O Brasil teve na última terça-feira (25) o primeiro teste positivo do novo coronavírus no país.

    Mais:

    Exames mostram que familiares de brasileiro com coronavírus não foram infectados
    Casal francês é obrigado pela Justiça a ficar internado em Paraty por suspeita de coronavírus
    Sobe para 21 número de mortos por coronavírus na Itália
    Tags:
    cientistas, pesquisa, Brasil, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar