13:10 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Exames de laboratório mostraram que os três familiares do homem infectado pelo novo coronavírus em São Paulo não estão mais sob suspeita de terem sido contaminados. 

    A informação foi divulgada nesta sexta-feira (28) durante coletiva de imprensa pelo secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann Ferreira, segundo publicado pelo portal G1. 

    Os três parentes tiveram contato com o paciente no último domingo (23), durante um almoço de família. O homem, de 61 anos, retornou de Turim, na Itália, no dia 21 de fevereiro.

    Ao todo, o Ministério da Saúde colocou 30 pessoas que tiveram contato com o paciente em observação. 

    Após apresentar sintomas respiratórios, ele procurou o hospital Albert Einstein, que confirmou se tratar de um caso de COVID-19, como foi batizada a doença transmitida pelo coronavírus. O teste do hospital foi para contraprova no Instituto Adolfo Lutz, que confirmou a enfermidade. 

    'Não é possível evitar a transmissão de uma doença viral'

    Na coletiva, o médico infectologista David Uip disse que "não é possível que nós consigamos evitar a transmissão de uma doença viral".

    Até o momento, o Ministério da Saúde informou que 132 casos suspeitos de coronavírus estão sendo investigados no Brasil. 

    A infecção já afetou 83.800 pessoas por todo o mundo, causando 2.867 mortes, principalmente na China. Fora da China, o país mais atingido é a Itália, com 655 casos e 17 mortes. 

    Tags:
    Itália, São Paulo, China, Ministério da Saúde, Brasil, epidemia, doença, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar