00:03 24 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    888
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (25), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou em Genebra, na ONU, que há no Brasil "desrespeito à fé cristã" durante o carnaval deste ano.

    Segundo publicou a coluna de Jamil Chade no UOL, a ministra fez a declaração durante reunião com ministros de outros países em um evento sobre liberdade religiosa.

    A ministra teria dito que "infelizmente" o Brasil está hoje no meio do carnaval e acrescentou:

    "E fica aqui nosso manifesto, quando, em nome da arte, em nome da liberdade de expressão, inclusive em nome da liberdade de imprensa, estamos vendo objetos de culto da fé cristã sendo de uma forma vil ridicularizados no Brasil".

    A ministra também deu indícios de que o governo brasileiro pode reagir ao dizer:

    "Mas a ação governamental é de combate a todo tipo de violação aos objetos sagrados, da fé e da crença", afirmou.

    Ainda segundo a coluna, a ministra justificou a afirmação em entrevista, dizendo que não se referia apenas às escolas de samba, mas ao "Brasil como um todo, em blocos" e prometeu campanhas de conscientização.

    "Dói. Machucar a fé cristã dói", afirmou, acrescentando ainda: "Queremos um carnaval sem dor".

    Mais:

    Lançamento de campanha de Damares que prega 'abstinência sexual' gera paródia e memes nas redes
    Ministério de Damares em nota técnica: início precoce da vida sexual leva à delinquência
    Jesus negro, pobre e alvo da polícia é destaque na Sapucaí
    Tags:
    Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar