16:31 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    222
    Nos siga no

    O grupo de brasileiros que será repatriado da cidade de Wuhan, na China, epicentro do surto do novo coronavírus, deverá chegar ao Brasil no sábado (8) e terá que cumprir quarentena em Anápolis, em Goiás.

    Até o momento, 29 pessoas estavam na lista de repatriados, incluindo quatro chineses cônjuges, filhos ou pais de brasileiros. Há sete crianças no grupo. 

    Os brasileiros serão repatriados em dois aviões da frota presidencial que não costumam ser usados por Jair Bolsonaro. Os voos estão previstos para sair da Base Área de Brasília nesta quarta-feira (5), ao meio-dia, com chegada marcada para a China na madrugada de sexta-feira (7), após escalas em Fortaleza (CE), Ilhas Canárias (Espanha), Varsóvia (Polônia) e Urumqi (China). 

    O retorno fará o mesmo trajeto em sentido contrário, com destino final em Anápolis. Equipes médicas do governo estarão no voo. 

    Quem tiver sintomas será levado para Hospital das Forças Armadas

    Caso alguém apresente sintomas do novo coronavírus será levado para o Hospital das Forças Armadas, em Brasília, para avaliação. Os repatriados terão que assinar um termo se comprometendo a seguir uma série de regras, como o tempo de quarentena na cidade goiana. 

    "O presidente concordou em ceder suas duas aeronaves, com capacidade de 30 passageiros cada um. O presidente abriu mão das aeronaves, tendo em vista a situação da Força Aérea", disse o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, segundo publicado pelo portal G1. 

    O vírus, oficialmente conhecido como 2019-nCoV, começou entre os dias 12 e 29 de dezembro e já deixou ao todo 480 pessoas mortas, a maioria na província de Hubei, onde fica localizada a cidade chinesa de Wuhan. No mundo, já são 24 países com infecções confirmadas pelo novo coronavírus. 

    No Brasil, o Ministério da Saúde investiga 13 casos suspeitos e outros 16 casos já foram descartados.

    Mais:

    Como diferenciar a infecção por coronavírus de uma gripe ou resfriado?
    Cruzeiro com 3.500 pessoas a bordo entra em quarentena por coronavírus no Japão (VÍDEO)
    Após 3º caso de coronavírus, Índia tratará chineses que não colaborarem como 'criminosos'
    Circula informação falsa sobre 1º caso de novo coronavírus no Equador
    Tags:
    epidemia, surto, doença, saúde, Goiás, vírus, Brasil, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar