22:51 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    345
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro se encontrou, na tarde desta terça-feira (4), no Palácio do Planalto, com o ministro das Relações Exteriores da Polônia, Jacek Czaputowicz.

    Além de Bolsonaro, o ministro de Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, também estava presente. Ao final do encontro, o presidente afirmou que visitará o país europeu neste ano.

    Bolsonaro, no entanto, não informou quando pretende fazer a viagem.

    ​Em declaração conjunta, Ernesto Araújo e Jacek Czaputowicz afirmaram que foram debatidas possibilidades de cooperação nas áreas de defesa, ciência e tecnologia e educação.

    A nota também enfatiza a defesa da liberdade religiosa e reivindica que "foros e organismos internacionais reflitam a vontade das nações que os integram, respeitando suas identidades e favorecendo assim sua convivência soberana em busca da paz e prosperidade".

    Os dois países também inauguraram a reunião o Grupo de Trabalho sobre Questões Humanitárias e de Refugiados do "Processo de Varsóvia" para paz e cooperação no Oriente Médio.

    "[Os ministros] sublinharam a importância da troca de experiências e da mobilização internacional para a promoção de esforços que busquem evitar a perda de vidas humanas em decorrência de conflitos na região, sob o risco de se dificultarem processos de reconstrução e consolidação da paz no futuro. Nesse quadro, destacaram ainda a necessidade de colocar a educação e a proteção de crianças no centro das discussões", diz um trecho da nota.

    Os ministros também enfatizaram o apoio a Juan Guaidó e classificaram o governo de Maduro como ditatorial.

    "Ambos Ministros condenaram as recentes tentativas do regime de Nicolás Maduro de sufocar a Assembleia Nacional legítima da Venezuela e reiteraram o reconhecimento de Juan Guaidó como presidente encarregado da Venezuela. Ressaltaram a importância de que toda a comunidade internacional se una para permitir o fim do regime ditatorial venezuelano e a transição para a democracia", finalizaram a declaração.

    Mais:

    'Acordo do século': Trump revela detalhes de plano de paz para Israel-Palestina
    Fala de chanceler Ernesto Araújo coloca Brasil contra o mundo, diz professor
    'Imprensa é como radialista torcendo contra um time', diz Ernesto Araújo
    EUA aumentaram em mais de 10 vezes número de soldados na Polônia, diz premiê polonês
    Polônia assina acordo de compra de caças F-35 dos EUA
    Tags:
    reunião bilateral, Bolsonaro, Brasil, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar