19:04 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    121
    Nos siga no

    O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (31) que há 12 casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil. Ontem, esse número era de nove. Ao todo, 10 casos já foram descartados.

    São Paulo é o estado com o maior número de casos suspeitos, sete. Depois aparecem Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1), Paraná (1) e Ceará (1).

    Um caso suspeito em Belo Horizonte, de uma mulher de 22 anos, foi descartado na tarde de hoje. 

    "Foi feito o exame com três técnicas diferentes. E as três são negativas. Este caso está entre os descartados", disse em coletiva para falar sobre o monitoramento da doença no país o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, segundo matéria publicada pelo jornal O Globo. 

    Ao todo, 10 testes para o vírus deram negativo para o coronavírus e positivo para vírus comuns da gripe. 

    Em relação aos 12 casos suspeitos, quatro já passaram por exames comuns e não foram classificados como vírus tradicionais, como influenza, por exemplo. Em função disso, foram encaminhados para análise no laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro. 

    Os outros oito casos ainda estão na fase inicial de identificação. A partir da semana que vem, além da Fiocruz, mais dois laboratórios, o Insituto Adolfo Lutz (SP) e o Instituto Evandro Chagas (PA), vão realizar os exames para coronavírus. 

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou na quinta-feira (30) emergência sanitária global em razão do surto do coronavírus, que atinge principalmente a China. 

    Ministério diz que Brasil segue recomendações da OMS

    O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, disse que o Brasil segue as recomendações da OMS. 

    "O Ministério da Saúde avalia que todas as recomendações da OMS se encontram dentro do nosso plano de contingência, e não há nenhuma alteração nas condutas em decorrência da declaração de emergência", afirmou. 

    Até o momento, 213 casos fatais da doença foram registrados na China. Mais de 9.800 pessoas foram infectadas. A grande maioria dos casos ocorreu na China, mas já são aproximadamente 100 casos em cerca de 20 países.

    Mais:

    Melhor maneira de se prevenir do coronavírus é lavar as mãos e usar máscaras, diz infectologista
    Trump diz que coronavírus está 'sob controle'
    Pequim identificou 'natureza' do coronavírus, diz embaixador chinês na ONU
    Epidemia de coronavírus poderá atingir seu pico em 10 dias, segundo cientista chinês
    Tags:
    epidemia, surto, doença, vírus, OMS, China, Ministério da Saúde, saúde, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar