18:32 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1164
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (28) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ter problemas por ter sido alvo de sabotagem.

    Bolsonaro, entretanto, não apresentou evidências de sua suspeita. 

    "Tenho que conversar com ele [ministro da Educação, Abraham Weintraub] para ver o que está acontecendo. Se realmente foi uma falha nossa, se tem alguma falha humana, sabotagem [...] Seja lá o que for. Temos que chegar no final da linha e apurar isso daí", disse Bolsonaro. 

    O Ministério da Educação já admitiu que problemas na impressão das provas causaram falhas na correção do exame. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), foram detectados erros na correção das provas de 5.974 estudantes e já houve revisão das notas dos afetados.

    O Enem é o principal processo seletivo para a entrada nas universidades públicas do Brasil. Após a detecção dos erros, a Justiça Federal de São Paulo suspendeu o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), processo que determina os aprovados no vestibular. 

    A Advocacia Geral da União (AGU) recorreu da suspensão do Sisu, mas a Justiça Federal manteve a suspensão. 

    Mais de 3,9 milhões de pessoas fizeram o Enem em 2019.

    Mais:

    Brasil e Índia assinam 15 acordos bilaterais durante visita de Bolsonaro a Nova Deli
    Bolsonaro defende deportação de brasileiros dos EUA
    Índia comemora Dia da República com desfile militar e presença de Bolsonaro (VÍDEOS)
    Acordos fechados por Bolsonaro na Índia favorecem mais o agronegócio, diz especialista
    Analista diz que enfraquecimento do PSL é 'consequência lógica' da saída de Bolsonaro
    Tags:
    Abraham Weintraub, ENEM, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar