17:45 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2241
    Nos siga no

    Uma mulher brasileira, de 35 anos, que veio de Xangai, na China, está internada em Belo Horizonte, Minas Gerais, com suspeita de ter contraído o coronavírus, que já deixou pelo menos 17 chineses mortos.

    Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), os exames capazes de confirmar ou descartar a hipótese diagnóstica da presença de coronavírus estão sendo realizados.

    A paciente desembarcou em Belo Horizonte no último sábado (18) e o caso foi identificado nesta terça-feira (21) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Região Centro-Sul da cidade.

    Ela apresentava sintomas respiratórios, típicos da doença que já foi registrada também nos Estados Unidos, Japão, Tailândia, Taiwan e Coreia do Sul.

    "Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo coronavírus, que é micro-organismo de alerta sanitário internacional, considerando o potencial pandêmico com alto risco à vida e impacto assistencial", disse a nota publicada no site da SES.

    A mulher está internada no Hospital Eduardo de Menezes e está clinicamente estável.

    "Todas as medidas assistenciais para redução de risco de transmissão foram tomadas", diz outro trecho da nota.

    Mais:

    EUA confirmam 1º caso de novo coronavírus no país
    Rússia está desenvolvendo vacina contra coronavírus em circulação na China
    Número de mortes pelo novo coronavírus da China sobe para 17
    Tags:
    China, Brasil, contaminação, vírus, Belo Horizonte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar