15:20 30 Março 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    449
    Nos siga no

    O governo do Brasil disse nesta sexta-feira que está avançando nos planos de permitir a mineração em terras indígenas, informando diplomatas europeus sobre propostas que atraíram críticas de defensores dos índios no Brasil e no exterior.

    O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, declarou aos diplomatas que "liderança significativa" das comunidades nativas havia pedido a oportunidade de explorar suas terras, de acordo com uma declaração pública no site do ministério.

    A iniciativa faz parte do esforço do presidente Jair Bolsonaro para incentivar a agricultura, pecuária e mineração em reservas indígenas, que ele criticou por desacelerar o progresso econômico.

    Já os líderes europeus manifestaram preocupação de que suas políticas aumentem o desmatamento e ameacem as culturas indígenas.

    Ibama realiza operação de combate a garimpo ilegal na Terra Indígena Kayapó, no Pará
    Fotos Públicas / secom Ibama
    Ibama realiza operação de combate a garimpo ilegal na Terra Indígena Kayapó, no Pará
    "Há muita desinformação sobre esse assunto, por isso é importante que a comunidade internacional ouça o que o governo tem a dizer", pontuou Alexandre Vidigal, secretário de Geologia e Mineração do ministério, no comunicado.

    O ministério informou que representantes da França, Suécia, Alemanha, Espanha, Portugal, Itália, Polônia, Bélgica, Dinamarca, Eslovênia, República Tcheca, Hungria, Holanda e União Europeia participaram da reunião na quinta-feira.

    O Conselho Missionário Indígena (CIMI), que defende os direitos indígenas no Brasil, argumentou contra os planos de Bolsonaro de abrir a mineração em terras de reserva, dizendo que a maioria dos grupos indígenas se opõe a isso.

    Conflitos entre mineiros ilegais e nativos levaram ao derramamento de sangue de ambos os lados nos últimos anos.

    Mais:

    Falta de agentes de segurança abre espaço para garimpo ilegal e destruição da floresta
    Morte da floresta amazônica: operação do Ibama desativa garimpos ilegais no Pará
    Garimpo representa a morte para os índios, diz 1ª deputada federal indígena
    Tags:
    União Europeia, Europa, conflito agrário, Floresta Amazônica, Amazônia, desmatamento, desenvolvimento, garimpeiros, garimpo, mineração, Conselho Indigenista Missionário (Cimi), índios, terras indígenas, povos indígenas, indígenas, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar