19:48 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    334
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória que determina o aumento do salário mínimo de R$ 998 para em R$ 1.039 em 1º de janeiro de 2020.

    De acordo com o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o novo valor corresponde ao reajuste da inflação do ano, que encerrou 2019 em 4,1%.

    Desde o início do Plano Real, lançado em 1994, é a primeira vez na história que o salário mínimo ultrapassa a faixa de R$ 1 mil.

    O Ministério da Economia publicou uma nota nesta terça-feira (31) informando que o aumento do valor da carne nos últimos meses pressionou o crescimento geral nos preços no final do ano, ampliando o percentual de inflação apurado.

    "Anteriormente, o governo projetou o salário mínimo de R$ 1.031 por mês para 2020, conforme a Mensagem Modificativa ao Projeto da Lei Orçamentária de 2020 [PLOA-2020]. A recente alta do preço da carne pressionou a inflação e, assim, gerou uma expectativa de INPC mais alto, o que está refletido no salário mínimo de 2020", diz a nota.

    "Mas como o valor anunciado ficou acima do patamar anteriormente estimado, será necessária a realização de ajustes orçamentários posteriores, a fim de não comprometer o cumprimento da meta de resultado primário e do teto de gastos definido pela Emenda Constitucional nº 95", acrescentou o Ministério da Economia.

    Mais:

    Por que o governo Bolsonaro quer acabar com o aumento real do salário mínimo?
    Com salário mínimo de R$ 1.040, Congresso aprova LDO
    Congresso aprova orçamento de 2020 sem aumento real do salário mínimo
    Tags:
    orçamento, economia, salário mínimo, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar