10:26 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1110
    Nos siga no

    O Ministério da Justiça do Brasil informou nesta segunda-feira (30) que multou o Facebook em R$ 6,6 milhões por compartilhar indevidamente dados de usuários.

    O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor disse que descobriu que dados de 443 mil usuários do Facebook foram disponibilizados indevidamente para desenvolvedores de um aplicativo chamado "thisisyourdigitallife", segundo a agência de notícias Reuters.

    Os dados estavam sendo compartilhados com propósitos "questionáveis", afirmou o Ministério.

    O Facebook disse em comunicado enviado por e-mail que está avaliando suas opções legais em relação ao caso.

    "Estamos focados em proteger a privacidade das pessoas", disse a empresa, acrescentando que fez alterações que restringiram "as informações que os desenvolvedores de aplicativos podem acessar".

    O Ministério disse que a maior rede social do mundo falhou em fornecer aos usuários informações adequadas sobre configurações de privacidade padrão, particularmente relacionadas a dados de "amigos" e "amigos de amigos".

    O Ministério também disse que lançou a investigação após relatos da imprensa sobre o uso indevido de dados pela empresa de consultoria política Cambridge Analytica em 2018.

    O Facebook tem 10 dias para recorrer da decisão. A multa deve ser paga dentro de 30 dias.

    Mais:

    'Adeus, Facebook': Wikipédia anuncia nova rede e garante que nunca venderá dados de usuários
    Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial
    'Vigilância': Facebook e Google 'ameaçam direitos humanos' com captura de dados, diz Anistia
    UE bane criptomoeda Facebook Libra até estar pronta para enfrentar riscos
    Tags:
    multa, Brasil, Facebook
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar