18:18 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    993
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro reconheceu que pode não conseguir homologar o seu novo partido, o Aliança pelo Brasil, para disputar as eleições municipais de 2020.

    O presidente conversou com jornalistas no Palácio da Alvorada neste sábado.

    "É muito difícil, não vou me iludir, a chance é 1%", disse Bolsonaro, citado pela Agência Brasil.

    O presidente também garantiu que não haver uma "obsessão" para formar o seu partido novo.

    "Não tenho obsessão para formar o partido. Acho que Deus até me ajuda, você sabe que as eleições municipais não influenciam na próxima", acrescentou.

    O partido de Bolsonaro, Aliança pelo Brasil, precisa coletar cerca de 500 mil assinaturas em pelo menos nove estados para poder participar das eleições. As rubricas precisam ser validadas, uma a uma, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo para que o partido seja registrado a tempo de disputar as eleições municipais de 2020 termina em março.

    O presidente ainda disse que não descarta a possibilidade de se lançar numa eventual candidatura avulsa no futuro, diante da dificuldade de formação do próprio partido.

    "Se não passar, pra mim tanto faz. Agora temos que discutir como seria a candidatura de deputados e senadores, porque se forem avulsas também, para mim seria ótimo. Se eu saísse como candidato sem partido, seria excepcional. Eu tentei fazer isso nas eleições [de 2018] e não consegui. Procurei diversas lideranças, mas não deu liga", afirmou o político.
    Tags:
    política, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar