19:46 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    352
    Nos siga no

    Promotores estaduais no Brasil identificaram rachaduras em uma barragem de rejeitos da Vale e pediram à empresa que contrate um auditor independente para investigar a situação.

    A informação foi publicada pelo Jornal da Band e reproduzida pela agência de notícias Reuters.

    Segundo a reportagem, a informação sobre a barragem B-5, próxima da cidade de Brumadinho, foi obtida por meio de Lei de Acesso à Informação. A barragem está localizada na mina de Mutuca e é responsável pela contenção de cerca de 11 milhões de metros cúbicos de resíduos de rejeitos.

    Em janeiro, o rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho causou a morte de mais de 200 pessoas e poluiu o ecossistema da região. 

    Ainda de acordo com o Jornal da Band, durante uma reunião en outubro com promotores, a Vale se recusou a se comprometer com uma auditoria independente.

    A Vale informou que as rachaduras "não apresentaram alterações e não comprometem a estrutura". A empresa também disse que três empresas separadas já estão atendendo à segurança da barragem B-5 e que o nível de segurança é "apropriado".

    Mais:

    PF indicia Vale e TÜV SÜD por falsidade ideológica no caso Brumadinho
    Mais uma vítima de Brumadinho é encontrada pelos bombeiros
    Resgate encontra mais um corpo em Brumadinho
    Vale sabia sobre limite de barragens de Brumadinho 2 semanas antes do desastre, diz jornal
    Tags:
    desastre ambiental, Brumadinho, Vale
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar