21:15 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    6120
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (5), cerca de 250 mil pessoas foram às ruas de Paris para protestar contra a reforma da Previdência que pode ser aprovada na França.

    O número foi estimado pelo sindicato nacional francês, a Confederação Geral do Trabalho. Na organização estavam alguns dos principais grupos franceses de sindicalistas. Cerca de 6 mil agentes de segurança foram mobilizados para acompanhar a manifestação, conforme publicou a emissora BFMTV.

    O Ministério do Interior da França estima que cerca de 800 mil pessoas foram às ruas em todo o país, conforme publicou o jornal francês Le Figaro.

    Em alguns locais da capital francesa, houve confrontos entres manifestantes e a polícia. Além disso, houve depredação de lixeiras e uso de fogos de artifício e pacotes explosivos contra os policiais, que responderam com uso de gás lacrimogêneo.

    Esta é a maior greve nacional desde que Emmanuel Macron foi eleito presidente da França, há mais de dois anos. A proposta de reforma propõe substituir o atual sistema de aposentadorias por um baseado em pontos.

    Mais:

    França: polícia prende 254 'coletes amarelos'
    França: 'Últimas ameaças tarifárias dos Estados Unidos não são o que se esperaria de um aliado'
    França exorta EUA a pararem de impor seus armamentos aos países da OTAN
    'Abaixe o tom': mensagem de França e Alemanha para Trump durante a cúpula da OTAN
    Tags:
    Emmanuel Macron, Reforma da Previdência, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar