18:39 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Operário em fundição de aço (Arquivo)

    Ministros de Bolsonaro e Macri discutem tarifas aplicadas pelos EUA contra aço

    © Sputnik / Aleksandr Kondratuk
    Brasil
    URL curta
    516
    Nos siga no

    Argentina e Brasil discutirão nesta quarta-feira o impacto da decisão dos Estados Unidos de restabelecer tarifas sobre importações de aço e alumínio em suas economias, informou a mídia nesta terça-feira, citando Dante Sica, ministro argentino da Produção e do Trabalho.

    Sica se encontrará com o ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, nesta quarta-feira, segundo o portal de notícias argentino Infobae.

    Além disso, uma cúpula do Mercosul será realizada na quinta-feira em solo brasileiro. Os líderes possivelmente discutirão a questão das tarifas também neste encontro, acrescentou o site.

    Na segunda-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou no Twitter que "o Brasil e a Argentina estão presidindo uma desvalorização maciça de suas moedas" e, portanto, "em vigor imediato", ele iria restaurar as tarifas de todo o aço e alumínio dos dois países que são enviados para os EUA.

    Nesta terça-feira, o Ministério de Relações Exteriores da Argentina informou que o país iniciou negociações com os EUA para obter mais detalhes sobre a decisão de Trump.

    Enquanto isso, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro sugeriu que a intenção dos EUA de restaurar as tarifas de importação de metais de seu país estava ligada à estratégia eleitoral e dificilmente prejudicaria o relacionamento amigável que os dois países compartilhavam.

    Entretanto, a indústria brasileira de aço e alumínio protestou abertamente contra a decisão de Trump.

    Mais:

    Ao ver Trump na ONU, Bolsonaro diz 'I love you', segundo jornal
    Bolsonaro se alia mais com Trump do que com os EUA e isso não é bom sinal, diz especialista
    'Vão ter que mudar', diz ativista Greta Thunberg sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa
    Tags:
    diplomacia, desvalorização, protecionismo, comércio, economia, tarifas de aço e alumínio, alumínio, aço, Mauricio Macri, Paulo Guedes, Jair Bolsonaro, Donald Trump, Estados Unidos, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar