17:54 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de entrega de ônibus escolares em Goiânia

    Crescimento de 0,6% no PIB faz Bolsonaro cravar: 'estamos no caminho certo'

    © Folhapress / Pedro Ladeira
    Brasil
    URL curta
    8414
    Nos siga no

    Antes estagnada, a economia brasileira deve continuar "no caminho certo", expandindo-se até o final do ano, à medida que as vendas da Black Friday e de Natal estimulam os gastos dos consumidores, disseram nesta terça-feira o Ministério da Economia e o presidente Jair Bolsonaro.

    Com números mostrando um ritmo de crescimento mais rápido do que o esperado no terceiro trimestre, o ministério informou que as perspectivas para a maior economia da América Latina estão melhorando, enquanto Bolsonaro também postou no Twitter a sua satisfação.

    "A desaceleração da atividade econômica está atrasada e a economia agora está crescendo mais vigorosamente", disse o secretariado de política econômica do Ministério em comunicado. "Os números de hoje mostram o aquecimento da economia, que deve ser reforçado ainda este ano. O Natal de 2019 deve ser o melhor dos últimos anos".

    O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 0,6% no período de julho a setembro, de acordo com dados oficiais divulgados nesta terça-feira, acima dos 0,4% previstos em uma pesquisa da Agência Reuters com economistas e o maior crescimento desde o início do ano passado.

    Bolsonaro escreveu no Twitter que os números do PIB, juntamente com outros indicadores econômicos positivos e registram baixas taxas de juros de 5,0%, o Brasil está firmemente "no caminho certo".

    Alguns economistas elevaram suas perspectivas para a economia brasileira após o relatório do PIB desta terça-feira. O Goldman Sachs elevou sua perspectiva de crescimento de 2019 para 1,2%, de 1,0%, e a previsão do próximo ano para 2,3%, de 2,2%, enquanto o Barclays fez o mesmo para este ano e disse que poderia aumentar sua previsão para 2020 de 2,3%.

    Mais:

    Guedes se diz 'apavorado' com ausência de multinacionais no leilão do pré-sal
    'Estamos conversando com a China sobre livre comércio', diz Paulo Guedes em evento do BRICS
    Após citar AI-5, Guedes diz que democracia brasileira 'nunca foi tão forte'
    Tags:
    política, riqueza, crise econômica, Natal, Black Friday, PIB, comércio, economia, IBGE, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar