07:06 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    5115
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (25) que enviará projeto de lei para o Congresso dando garantias para morador armado ter "garantia absoluta" e poder fazer "tudo" contra invasor. 

    De acordo com o presidente, a medida valerá tanto para imóveis em áreas urbanas como rurais. 

    "Quero garantir dentro de casa, por exemplo. Como você pode se comportar dentro de casa armado se alguém entrar? Hoje em dia como é a legislação [...] Queremos a garantia absoluta que dentro da sua casa você pode tudo contra um invasor", afirmou Bolsonaro, segundo publicado pelo jornal O Globo. 

    "Não tem governador para proporcionar segurança para todo mundo 24 horas. Dentro de casa, você tem que ser dona de você", afirmou ao responder para uma repórter na entrada do Palácio da Alvorada. "Qualquer pessoa que vier entrar na sua casa você tem poder absoluto sobre ela em defesa da sua vida, dos teus parentes", acrescentou. 

    'Estou copiando países desenvolvidos'

    Bolsonaro disse ainda que estava apenas copiando leis de "países desenvolvidos". 

    "Nos Estados Unidos é assim, não estou inventando nada, estou copiando países desenvolvidos", justificou. 

    Mais cedo, o presidente anunciou que o governo prepara um projeto de lei para permitir operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em reintegrações de posse na área rural. Ele disse ainda que o projeto enviado ao Congresso na semana passada sobre garantia de excludente de ilicitude para agentes que participam de ações de GLO foi uma resposta a possíveis protestos.

    Considerado um dos pontos mais polêmicos do pacote anticrime do ministro Sergio Moro, a proposta de excludente de ilicitude foi rejeitada pelos parlamentares de grupo de trabalho da Câmara.

    Mais:

    Bolsonaro poderia acabar com democracia brasileira?
    'Funcionários fantasmas': MP abre novo inquérito contra Flávio Bolsonaro
    Bolsonaro diz que manifestações no Chile 'são atos terroristas'
    Tags:
    Congresso, justiça, violência, crime, Sérgio Moro, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar