12:59 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro (PSL), atual presidente do Brasil, em foto de campanha de 7 de outubro de 2018

    Bolsonaro diz que manifestações no Chile 'são atos terroristas'

    © AP Photo / Leo Correa
    Brasil
    URL curta
    14717
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado que o Brasil precisa se preparar para não ser surpreendido pelos fatos em meio aos protestos que se espalharam pela América do Sul nos últimos meses.

    Em conversa com jornalistas nesta manhã, durante participação em um evento na Vila Militar, na Zona Oeste do Rio, o chefe de Estado disse a jornalistas que a América do Sul é, sim, "uma preocupação de todos nós" e que não gostaria de ver outros países voltando para "o colo do Foro de São Paulo" (movimento da esquerda latino-americana). 

    ​"Nós sabemos qual o destino disso, olha a situação em que se encontra a Venezuela. Eu acho que ninguém no Brasil quer que nós caminhemos nessa direção", disse Bolsonaro, citado pela Veja.

    De acordo com o presidente, não há, no momento, motivo para manifestações desse tipo serem realizadas em território brasileiro, uma vez que o país vive em plena "normalidade democrática". 

    ​"O que estou vendo em alguns países é um excesso, como no Chile. Aquilo não são manifestações, são atos terroristas", disse ele, também segundo a revista.

    Mais:

    Chanceler da Venezuela pede que comunidade internacional exija fim da violência na Bolívia
    Inteligência russa: eventos na Bolívia são tentativa de desestabilizar situação na América Latina
    Manifestantes colombianos desafiam toque de recolher e realizam protesto em Bogotá
    Oposição do Chile apresenta acusação constitucional contra presidente Piñera
    Tags:
    América do Sul, Venezuela, Chile, Jair Bolsonaro, Foro de São Paulo, Bolsonaro, manifestações, protestos, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar