14:19 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    ENEM

    Após vazamento do Enem, Polícia Federal realiza operação no Ceará

    © Foto / Divulgação
    Brasil
    URL curta
    230
    Nos siga no

    Agentes da Polícia Federal (PF) cumpriram na manhã deste sábado dois mandados de apreensão e buscam nas casas de duas aplicadoras de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Fortaleza (CE), suspeitas por vazamentos na semana passada.

    Intitulada Operação Thoth – inspirada ao deus egípcio da escrita e da sabedoria –, a operação apreendeu celulares, que serão periciados nos próximos dias pela PF. Os mandados foram expedidos pela 12ª Vara Federal de Fortaleza.

    A polícia investiga o vazamento de imagens das provas da primeira etapa do Enem, aplicadas em todo o Brasil no último domingo. Nesta data, uma imagem da prova ganhou as redes sociais e viralizou rapidamente.

    No mesmo dia, o Ministério da Educação informou que a fotografia do exame foi divulgada por um aplicador nas redes sociais. Segundo o portal UOL, os examinadores não poderão entrar nas salas de aplicação agora com seus celulares.

    De acordo com informações divulgadas pelo G1, as duas aplicadoras suspeitas poderão ser autuadas pelo crime de fraude em certames de interesse público, do Código Penal Brasileiro. Caso sejam condenadas, elas podem pegar pena de cinco anos de prisão, além de multa.

    Há ainda casos sendo investigados no Rio de Janeiro e na Bahia.

    A segunda etapa do Enem ocorre em todo o país neste domingo, com provas de ciências e matemática. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 3,920 milhões de candidatos participaram da etapa inicial, de um total de 5,09 milhões de candidatos inscritos.

    O Enem é a principal forma de ingressar em universidades no Brasil. A nota obtida no exame permite que os estudantes se candidatem a vagas em instituições públicas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A nota também serve para a busca por bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni).

    Mais:

    Ministro da Educação faz piada sobre Dilma, Lula e cocaína e quase ninguém está rindo
    Bolsonaro avalia retorno do ensino de educação moral e cívica
    Em meio a caos na Educação, professor da UFRJ critica falta de diálogo por parte do governo
    Tags:
    Sisu, ensino superior, faculdade, universidades, provas, vazamento, Ministério da Educação, educação, ENEM, Bahia, Rio de Janeiro, Ceará, Fortaleza, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar