08:34 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Manchas de óleo são vistas na praia de Pedra do Sal, em Itapuã, em Salvador (BA).

    Marinha envia seus 2 maiores navios para combater vazamento de óleo no Nordeste

    © Folhapress / Eduardo Anizelli
    Brasil
    URL curta
    9811
    Nos siga no

    A Marinha do Brasil enviará dois dos seus maiores navios para ajudar no combate ao vazamento de óleo que atingiu as praias do Nordeste. As embarcações saem do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (4).

    O anúncio da missão surge 60 dias após o óleo chegar às praias da região do Nordeste. ​Durante este período pelo menos 286 locais do litoral nordestino, totalizando 98 cidades, foram afetadas pelas manchas de óleo.

    A previsão é de que os navios "Atlântico" e "Bahia" cheguem ao Nordeste no dia 10 de novembro. Além destas grandes embarcações, a missão contará com uma fragata, seis aeronaves e um terceiro navio, reunindo um total de 2 mil pessoas, entre eles 670 fuzileiros navais, que ajudarão na limpeza das praias, manguezais e arrecifes.

    ​A causa da crise ambiental está sendo investigada. Acredita-se que este desastre ambiental tenha sido o maior derramamento de petróleo em extensão do Brasil.

    De acordo com o Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), mais de 4 mil toneladas de resíduos de óleo já foram retiradas das praias do Nordeste.

    Mais:

    Bolsonaro sobre óleo no Nordeste: 'de vez em quando fica uma tartaruga ali na mancha, mas tudo bem'
    Quatro mil toneladas de óleo foram retiradas de praias do Nordeste do Brasil
    Bolsonaro diz que manchas de óleo são criminosas e que 'pior está por vir'
    Tags:
    Nordeste, vazamento, óleo, Brasil, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar