10:33 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Pessoa não identificada segura a carteira profissional no Centro de Apoio ao Trabalhador da Luz (CAT) em 11 de fevereiro de 2010.

    IBGE: trabalho informal bate novo recorde no Brasil

    © Folhapress / Leticia Moreira/Folhapress
    Brasil
    URL curta
    321
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (31), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou novo balanço que aponta que a informalidade bateu novos recordes no Brasil.

    Segundo os números divulgados pelos instituto, 24,4 milhões de pessoas estão trabalhando por conta própria, enquanto 11,8 milhões estão sem carteira assinada no país.

    O número de pessoas sem carteira assinada subiu 1,2% em relação ao trimestre passado, encerrado em junho. Já o número de pessoas que trabalham por conta própria subiu 2,9%.

    Em relação a 2018, a alta é ainda maior. No caso dos trabalhadores sem carteira assinada o número subiu 2,4% e no caso dos que estão por conta própria a alta foi de 4,3%.

    Segundo o IBGE, o Brasil tem hoje 38,8 milhões de trabalhadores informais, que somam 41,4% do total.

    Conforme aponta o IBGE, no total, 12,5 milhões de pessoas seguem sem emprego no país.

    Mais:

    Desemprego cai em 6 meses se reformas forem aprovadas, diz economista
    Desemprego cai para 12%, mas subocupação bate recorde
    Desemprego é o principal fator para aumento da concentração de renda no Brasil, diz economista
    Fim do desemprego? Governo estuda 'contrato diferenciado' para estimular trabalho
    Tags:
    Brasil, IBGE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar