19:07 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Evo Morales, presidente da Bolívia, em Moscou

    Brasil não reconhece vitória de Evo Morales no 1º turno

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Brasil
    URL curta
    25922
    Nos siga no

    Ministério de Relações Exteriores do Brasil afirmou nesta sexta-feira (24) que defende uma auditoria completa do primeiro turno, proposta pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

    O Itamaraty anunciou o posicionamento do governo brasileiro em uma nota oficial publicada no Twitter.

    ​Evo Morales conseguiu se reeleger no primeiro turno ao conseguir 47,07% dos votos, uma diferença superior aos dez pontos percentuais exigidos no país em relação ao segundo colocado, Carlos Mesa, que obteve 36,1% dos votos com 99,99% das urnas apuradas.

    A apuração do processo eleitoral boliviano ficou sob suspeita de fraude principalmente depois de uma interrupção no sistema de transmissão dos resultados.

    ​A OEA se colocou a disposição para fazer a auditoria do primeiro turno das eleições.

    O órgão sugeriu que, mesmo com o resultado apontado pela apuração, a Bolívia passasse por um segundo turno.

    Mais:

    Indefinição na Bolívia: Evo Morales declara vitória e opositor faz acusação de fraude
    Evo Morales é reeleito presidente da Bolívia; opositor não reconhece resultado
    Corte eleitoral dá vitória a Evo Morales nas eleições da Bolívia, diz agência
    TSE da Bolívia dá por concluída eleição vencida por Evo Morales no 1º turno
    Tags:
    Itamaraty, Brasil, Organização dos Estados Americanos (OEA), reeleição, eleição, Evo Morales
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar