15:01 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro,

    Eduardo Bolsonaro desiste da indicação para embaixada do Brasil nos EUA

    © Foto / Paola de Orte/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    942
    Nos siga no

    O filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro, anunciou sua desistência no plenário da Câmara na noite desta terça-feira.

    O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) anunciou na noite desta terça-feira, durante discurso no plenário da Câmara, ter desistido da indicação para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

    O anúncio aconteceu durante a votação do projeto do acordo entre Brasil e Estados Unidos para o uso da base de lançamento de Alcântara, no Maranhão.

    "Foi uma decisão que eu estava pensando há muito tempo. A gente escuta conselho de muita gente. Além disso, tem a questão do meu eleitorado. Confesso, não era a maioria que estava apoiando ali", disse Eduardo Bolsonaro aos jornalistas depois da votação na Câmara.

    Ele acrescentou que a decisão foi pessoal e que foi tomada sem interferência do pai.

    "Não, o presidente sempre me deixou bem à vontade com relação à isso. Eu confesso que quando saiu o meu nome, quando fui indicado, eu fiquei até surpreso, não esperava que isso acontecesse. Num primeiro momento eu fiquei feliz sim, óbvio. Quem não se sente prestigiado para assumir esse posto? Porém, no decorrer do processo, com amadurecimento, conversas, e etc., foi me fazendo pensar e culminou hoje aqui com essa decisão", acrescentou o filho do chefe de Estado.

    Em seu discurso na Câmara, Eduardo Bolsonaro disse ter decidido permanecer no Brasil para "defender os princípios conservadores".

    ​Já o presidente Jair Bolsonaro, que está no Japão, disse que o filho terá uma "tremenda responsabilidade" como novo líder do PSL e acrescentou: "Parabéns a ele".

    Na sexta-feira, Eduardo Bolsonaro voltou a ser confirmado na liderança do PSL, mas o parlamentar negou que isso tenha determinado sua decisão.

    "A liderança em princípio vai até o final do ano. Não foi esse o fator determinante, não”, afirmou ele.

    O filho presidente também disse não pretender se reeleger para a liderança na Câmara, a menos que receba uma "missão" específica do partido para isso.

    Tags:
    PSL, Congresso Nacional, Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro, Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar