14:39 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso durante a palestra Brasil, Qual Será o Seu Futuro? (foto de arquivo)

    General Heleno reage às críticas de FHC ao governo Bolsonaro

    © Foto / Wilson Dias/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    92213
    Nos siga no

    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) criticou neste sábado (6) as medidas do governo federal através do Twitter e defendeu protestos em defesa da democracia brasileira.

    "A violência dos bandidos assim como as do governo preocupam. Armas nas mãos de bandidos ou de quem não sabe usá-las aumenta o medo. Demitir funcionários em áreas culturais por ideologia repete o desatino. Sem reação as democracias morrem. Há liberdade para protestar. Usemo-la", declarou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

    O chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno, por sua vez, reagiu aos comentários do ex-presidente, perguntando "por que no te callas" (por que não te calas, em espanhol).

    ​O comentário de Cardoso diz respeito à decisão do Ministério da Cidadania de exonerar 19 funcionários da Funarte ligados ao diretor teatral Roberto Alvim, que assumiu o órgão em junho.

    A reação de Heleno faz referência à fala do rei Juan Carlos da Espanha ao então presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em uma reunião de chefes de Estado em 2007.

    Mais:

    Ministro Heleno: prisão de militar que transportava droga em avião presidencial foi 'falta de sorte'
    Heleno classifica acordo entre Mercosul e UE de 'histórico'
    General Augusto Heleno: Amazônia é objeto de cobiça internacional
    Tags:
    Fernando Henrique Cardoso, Bolsonaro, Gabinete de Segurança Institucional (GSI), FHC
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar