15:58 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Embraer E190-E2

    Embraer adia finalização do acordo com a Boeing para o início de 2020

    © REUTERS / Nacho Doce
    Brasil
    URL curta
    272
    Nos siga no

    A brasileira Embraer alterou para o início de 2020 a conclusão da sua aquisição pela norte-americana Boeing de suas atividades na aviação civil, de acordo com documentos apresentados nesta quinta-feira às autoridades do mercado dos EUA.

    O fabricante de aeronaves Embraer havia repetido até agora que essa operação, no valor de US$ 4,75 bilhões, seria finalizada antes do final do ano de 2019.

    Esse adiamento ocorre enquanto os serviços de concorrência da Comissão Europeia investigam essa transação.

    O grupo brasileiro disse nesta quinta-feira que a compra de 80% de sua divisão de aviação civil pela Boeing foi validada pelas autoridades norte-americanas.

    A companhia brasileira também apontou que, até que a transação fosse aprovada por todas as autoridades reguladoras, ela não podia garantir que o novo cronograma fosse mantido ou que a operação fosse concluída.

    A fabricante europeia Airbus, concorrente da Boeing, assumiu o controle em 2017 da divisão C-Series da canadense Bombardier, agora renomeada A220.

    As ações da Bombardier recuaram pelo quinto dia consecutivo, sua série mais baixa em quatro meses. Elas caíram 10% nas últimas duas semanas, abaixo do desempenho do mercado brasileiro.

    Mais:

    Embraer KC-390 seria fundamental para avanço tecnológico que faltava ao Brasil?
    Portugal fecha acordo bilionário com Embraer para novo KC-390
    Trabalhadores da Embraer entram em greve
    Tags:
    economia, fusões e aquisições, aviação civil, Bombardier, Airbus, Boeing, Embraer, Europa, Estados Unidos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar