16:12 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Combate ao desvio de dinheiro dos cofres públicos

    Governo brasileiro registra déficit de R$ 16,8 bilhões em agosto

    Fotos Públicas / Rafael Neddermeyer
    Brasil
    URL curta
    7102
    Nos siga no

    O Governo registrou déficit primário de R$ 16,852 bilhões, em agosto. O resultado foi menor do que no ano passado, quando atingiu a marca R$ 19,657 bilhões.

    O déficit primário acontece quando um país não consegue gerar recursos que superem seus gastos durante um período, ou seja, resultado negativo das contas, sem considerar os juros da dívida pública.

    O resultado melhor, em comparação ao agosto de 2018, foi graças à redução de R$ 5 bilhões das despesas totais, em termos reais (descontada a inflação).

    De janeiro a agosto, o Governo Central registrou déficit primário de R$ 52,124 bilhões, contra R$ 58,739 bilhões no ano passado.

    ​Segundo o governo, a redução do déficit primário no acumulado do ano decorreu da redução das despesas discricionárias (não obrigatórias), que em 2019 foram R$ 13,2 bilhões inferiores à do mesmo período de 2018 e do aumento das receitas líquidas que tiveram elevação de R$ 1 bilhão.

    Em 12 meses encerrados em agosto, o déficit primário chegou a R$ 115.220 bilhões (valores reais, ou seja, descontada a inflação), correspondente a 1,61% do Produto Interno Bruto (PIB). Para este ano, a meta do governo é de déficit primário de R$ 139 bilhões, 1,94% do PIB, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Não há como resolver déficit sem alterar Previdência de militares, diz especialista
    Estaremos à beira de déficit de ouro?
    Paes rebate Crivella sobre dívidas da Prefeitura: 'Déficit de R$ 4 bi não é'
    Tags:
    Brasil, governo, déficit primário, economia, PIB
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar