05:16 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Polícia Federal

    Polícia Federal inicia buscas e cumpre mandados de prisão a envolvidos em ataques no Ceará

    Divulgação/PF
    Brasil
    URL curta
    322
    Nos siga no

    Pelos menos 29 membros de facção criminosa são procurados pela polícia acusados de envolvimento em ataques contra torres elétricas em abril deste ano no Ceará, sendo que 15 já têm mandados de prisão.

    Os outros 14 suspeitos deverão ser apreendidos. Os indivíduos são chefes de facções criminosas que elaboraram e participaram de ataques no Ceará.

    Em abril deste ano, torres de transmissão de energia elétrica foram sabotadas na Grande Fortaleza. Além disso, a região testemunhou ataques contra veículos, estabelecimentos comerciais e prédios públicos.

    Segundo a polícia, os ataques têm origem em presídios. Os ataques seriam uma retaliação ao maior rigor e ao fim de regalias a criminosos em presídios cearenses, segundo o secretário de Segurança Pública do estado, André Costa, publicou o portal G1.

    Como tentativa de reprimir o poder de facções criminosas na rede carcerária do estado, cerca de 250 presos foram mandados para outros presídios. Além disso, o secretário de Administração Penitenciária do Ceará, Luís Mauro Albuquerque, havia suspendido visitas íntimas nos presídios cearenses.

    No início do ano o estado também registrou uma onda de violência semelhante.

    Mais:

    Após morte de criança, moradores do Complexo do Alemão pedem fim da violência (FOTOS, VÍDEOS)
    Lei obriga agressores a ressarcir Estado por atendimento a vítimas de violência doméstica
    Especialista: crimes do dia a dia matam mais do que guerras e crime organizado
    Tags:
    presídios, facção criminosa, Ceará
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar