18:29 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Prédio da Procuradoria-Geral da República, em Brasília

    Interino assume PGR e reconduz procuradores do grupo da Lava Jato

    © Folhapress / Sergio Lima
    Brasil
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Em sua primeira manifestação como procurador-geral, Alcides Martins anunciou a recondução dos integrantes do grupo de trabalho da Lava Jato que tinham deixado seus postos no final do mandato de Raquel Dodge.

    Martins é vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF). Ele deve ficar no cargo até a nomeação de Augusto Aras, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para chefiar a Procuradoria-Geral da República (PGR), ser aprovada no Senado. Aras passará por sabatina na Casa no dia 25 de setembro.

    A cerimônia de transferência foi realizada nesta quarta-feira (18), com a presença de Dodge, Martins e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Nos últimos dias da gestão anterior, um grupo de seis integrantes da força-tarefa da Lava Jato na PGR entregaram o cargo por discordarem da maneira como Raquel Dodge conduzia a operação.

    "Em nome da importância da investigação, para a Justiça, para o país, convidei os colegas que integraram o grupo de trabalho a retornarem a seus postos, o que ocorrerá imediatamente”, disse Martins.

    Importância em dar prosseguimento às ações da Lava Jato

    Segundo ele, "o que tiver que ser feito vai ser feito". O interino afirmou ainda que dará continuidade à atuação do Ministério Público em todas as suas frentes. Após a cerimônia, ele falou para jornalistas que era importante dar seguimento às ações da Lava Jato, segundo publicado no site da PGR.

    Ao passar o cargo para Alcides Martins, Dodge desejou sorte e disse que o procurador-geral se depara com os mais diversos tipos de problemas: “Não escolhemos as adversidades, escolhemos o modo de trabalho. Nós escolhemos as lutas que iremos travar e para isso escolhemos o modo de enfrentá-las”.

    Ontem, na cerimônia em que deixou o cargo, Raquel Dodge anunciou como uma de suas últimas medidas que pediria a federalização do caso do assassinato da vereadora Marielle Franco. 

    Mais:

    Senador insiste com CPI da Lava Toga, que divide bolsonarismo
    Esquerda ou direita: especialista diz que escolha de novo PGR deixa interrogação
    PT não vai obstruir indicação de Aras para PGR, diz líder do partido no Senado
    Dodge pede que STF derrube decretos de Bolsonaro sobre posse de armas
    Tags:
    Judiciário, justiça, procuradoria-geral, PGR, Lava Jato
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar