19:13 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Dilma Rousseff e vice-presidente Michel Temer se encontram com lideranças políticas durante campanha do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, 24 de julho de 2014

    Temer chama impeachment de Dilma de golpe, diz que não o apoiou e causa alvoroço na web

    © Folhapress/ Daniel Marenco
    Brasil
    URL curta
    Por
    165110
    Nos siga no

    No programa Roda Viva, o ex-presidente do Brasil, Michel Temer, afirmou "jamais ter apoiado o golpe" contra Dilma Rousseff. O uso da palavra "golpe", para internautas, confirma que o impeachment não passou de golpe.

    Perguntado sobre os "azares" da sua Presidência, Michel Temer decidiu reforçar que "teve muito gosto" em ser presidente do Brasil, cargo que, segundo o próprio ex-presidente, nunca foi almejado por ele.

    Em se tratando do impeachment de Dilma Rousseff, que presidiu o Brasil de 2011 a 2016, com primeiro e segundo mandatos ao lado de Michel Temer como vice-presidência da República, o substituto da ex-presidente ressaltou:

    "Eu tive muito gosto em ser presidente da República. Eu não almejei jamais isso. De vez em quando, diziam 'Temer é golpista', e, aliás, ouvi uma breve referência de que eu teria apoiado a ideia do golpe [...] Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe."

    A palavra "golpe", ecoada pelo ex-presidente, para muitos internautas, seria uma confirmação que o impeachment contra Dilma Rousseff não passou de golpe, fazendo com que "golpe" entrasse nos temas mais comentados do Twitter nesta terça-feira (17).

    Para a política Manuela d'Ávila, "Temer já reconheceu que foi golpe", postando o trecho da entrevista sobre o impeachment de Dilma Rousseff.

    ​O deputado federal Helder Salomão (PT-ES) colocou Temer em segundo lugar na lista dos que já reconheceram que foi golpe, tendo sido a deputada federal Janaína Pascoal (PSL-SP) a primeira a reconhecer.

    ​Para o jornalista George Marques, o reconhecimento de Temer é um "registro que ficará para a história".

    ​O líder da bancada do PT e deputado federal Paulo Pimenta fez uma lista do que não haveria acontecido "sem o golpe".

    ​Mas nem todo mundo pensa que Dilma Rousseff sofreu golpe.

    Internauta lamentou que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, "lidera o grupo mais arrogante a ter governado o país desde a redemocratização".

    ​O que Dilma Rousseff estaria escrevendo agora mesmo em seu diário? Internauta sugere ideia.

    ​A palavra "golpe" já conseguiu reunir mais de 100 mil tweets em algumas horas, fazendo com que "Temer", com mais de 40 mil tweets, e a hashtag #golpe, com mais de mil tweets, entrassem para os assuntos mais comentados de hoje no Twitter.

    Tags:
    Roda Viva, impeachment, Michel Temer, Dilma Rousseff
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar