20:07 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto

    Após 5 horas, cirurgia de Bolsonaro para correção de hérnia é completada

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    102013
    Nos siga no

    Hoje (8), o presidente da República teve uma operação planejada no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, a fim de corrigir uma hérnia que havia surgido como consequência da facada que sofreu durante sua campanha eleitoral em 2018.

    A cirurgia, que começou às 7h35, demorou cinco horas, escreveu o portal G1. A previsão inicial da operação era de três horas. Jair Bolsonaro foi operado pelo médico Antônio Luiz Macedo, que o havia atendido após o incidente.

    Na véspera, o presidente teve uma tomografia e cumpriu um jejum de oito horas.

    Por recomendação médica, Bolsonaro deve ficar dez dias afastado do cargo. Durante sua ausência, suas obrigações serão exercidas pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

    Segundo os médicos, o período pós-operatório deve levar aproximadamente uma semana.

    O G1 citou uma nota do hospital informando que Macedo havia elogiado a saúde do presidente.

    A cirurgia em questão deve fechar o ciclo de tratamento relacionado à facada.

    Atendado contra presidente

    Jair Bolsonaro foi agredido no dia 6 de setembro em Juiz de Fora (MG), no decorrer da campanha eleitoral pela Presidência. Desde então, o presidente já tinha feito três cirurgias.

    O autor do ataque, Adélio Bispo de Oliveira, foi internado por tempo indeterminado em um manicômio judicial.

    Mais:

    Cientista político: Lula não disse novidade, governo Bolsonaro é muito ruim
    Bolsonaro defende soberania e critica Macron em reunião com presidentes de países amazônicos
    Bolsonaro dá 'carona' ao filho Carlos em seu 1º desfile da Independência (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    facada, operação, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar