02:41 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Marcello Crivela (PRB), prefeito do Rio de Janeiro

    Justiça concede liminar que proíbe apreensão de livro na Bienal do Rio

    © Foto / Tânia Rêgo
    Brasil
    URL curta
    767
    Nos siga no

    O desembargador da 5ª. Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, Heleno Pereira Nunes, emitiu uma liminar na noite desta sexta-feira (6) proibindo que a prefeitura do Rio realize o recolhimento de livros de qualquer conteúdo em exposição e venda na feira literária.

    Na decisão, Nunes escreveu: "Desta forma, concede-se a medida liminar para compelir as autoridades impetradas [prefeitura do Rio] a se absterem de buscar e apreender obras em função do seu conteúdo, notadamente aquelas que tratam do homotransexualismo".

    O desembargador escreveu na decisão que a medida se estende também ao funcionamento pleno da Bienal do Livro.

    "Concede-se a liminar, igualmente, para compelir as autoridades impetradas a se absterem de cassar a licença para a Bienal, em decorrência dos fatos veiculados nesta decisão".

    A decisão foi uma resposta ao prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que determinou que os organizadores do evento recolhessem o livro Os Vingadores, a Cruzada das Crianças.

    Escrito há dois anos por Allan Heinberg e Jim Chang, o livro traz uma ilustração de dois homens se beijando.

    Mais:

    Crivella propõe criação de foro permanente de cidades de países que integram o BRICS
    Crivella determina recolhimento de livro na Bienal para 'proteger nossas crianças'
    Prefeitura do Rio realiza operação de censura na Bienal do Livro
    Tags:
    censura, livro, Marcelo Crivella, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar