08:55 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Jair Bolsonaro participa de conferência em Brasília, 21 de agosto de 2019

    Bolsonaro atua para impedir a disseminação da 'ideologia de gênero' nas escolas

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    4118
    Nos siga no

    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse nesta terça-feira que ordenou que o Ministério da Educação (MEC) elabore um projeto de lei que proibirá o ensino do que ele chamou de "ideologia de gênero" nas escolas.

    O termo foi cunhado pelos conservadores sociais para descrever a ideia de igualdade de gênero que eles acreditam que visa subverter o conceito que se tem de família tradicional.

    Em sua página no Twitter, o ex-capitão do Exército destacou ter acionado o MEC para que preparasse uma legislação que proibisse a ideologia de gênero nas escolas primárias.

    Bolsonaro, um cristão declarado que foi eleito para a presidência no ano passado com a ajuda de eleitores evangélicos, afirmou que se preocupa com as crianças, cuja proteção, ressaltou, foi consagrada na Constituição.

    A discussão sobre a chamada ideologia de gênero também gerou reações em São Paulo, onde o governador João Dória – possível rival de Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022 – ordenou o recolhimento de livros didáticos que tratavam do assunto na rede estadual de ensino, informou a GloboNews.

    Mais:

    Economista explica qual postura Bolsonaro deve ter com aproximação entre China e Nordeste
    Nova crise à vista? Bolsonaro e presidente da Câmara divergem sobre terras indígenas
    Caso Rhuan: especialistas criticam PL que coloca 'ideologia de gênero' como agravador de crime
    Tags:
    conservadorismo, evangélicos, família, educação, Ministério da Educação, identidade de gênero, igualdade de gênero, gênero, João Dória Jr, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar