08:51 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Fraco crescimento dos mercados emergentes

    Confederação Nacional do Comércio estima crescimento de 0,9% no PIB brasileiro em 2019

    © flickr.com/ Ken Teegardin
    Brasil
    URL curta
    423
    Nos siga no

    A Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima que o Produto Interno Bruto (PIB) apresentará um crescimento de 0,9% em 2019. Se a previsão se confirmar, o resultado seguirá o ritmo dos últimos dois anos.

    Segundo as projeções da CNC, o consumo das famílias deve subir 0,6% no terceiro trimestre e 0,9% nos três últimos meses do ano.

    O cálculo foi feito após a divulgação, nesta quinta-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de variação positiva de 0,4% do PIB, no segundo trimestre deste ano, informou Agência Brasil.

    O crescimento apresentado no período "impediu que se configurasse uma nova recessão técnica", informou CNC, pois evitou o registro de queda em dois trimestres seguidos.

    Nos três primeiros meses do ano o PIB apresentou recuo de 0,1%.

    A CNC destacou que pela primeira vez desde o quarto trimestre de 2017, a indústria teve elevação de 0,7% e foi a principal responsável pelo crescimento do PIB, seguida pelo setor de serviços com alta de 0,3%. A agropecuária, no entanto, apresentou queda de 0,4%.

    Já o comércio, avança acima da média pelo segundo trimestre seguido e teve alta de 0,7%, mas sua recuperação ainda está lenta, concluiu o documento da CNC.

    Mais:

    Brasil eleva PIB em 0,4% no 2° trimestre, aponta IBGE
    Mercado volta a reduzir previsão do PIB no Brasil
    Banco Central aponta PIB negativo e prevê 'recessão técnica' no Brasil
    Tags:
    PIB, Brasil, IBGE, CNC
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar