15:58 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

    Decisão de Moro na Lava Jato é anulada no STF

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    10253
    Nos siga no

    Na noite desta terça-feira (27), o Supremo Tribunal Federal decidiu anular uma decisão do ex-juiz Sergio Moro tomada em 2018.

    A anulação foi decidida pela segunda turma do STF, composta pelos ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Carmen Lúcia, Celso de Mello e Edson Fachin. Destes, apenas Fachin votou a favor de manter a decisão. Já Celso de Mello não participou da sessão.

    A decisão do STF tratou da condenação do ex-presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine. O caso fazia parte da Operação Lava Jato e agora voltará para a 1ª instância.

    A condenação anulada data de março de 2018 e teve a pena reduzida pela Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) em junho deste ano. A pena que fora instituída em 11 anos passou para 7 anos e 9 meses.

    A anulação da decisão do então juiz Sergio Moro atende a pedido da defesa de Bendine, que protocolou recurso no STF.

    Segundo decisão do STF, a decisão se baseia no princípio constitucional de ampla defesa. Isso porque para os ministros, o pedido negado da defesa de apresentar alegações finais apenas após as delações causou prejuízo ao condenado.

    Mais:

    Pacote anticrime de Moro tem mais virtudes ou pecados?
    Pedido de investigação sobre Moro feito por PT é arquivado no STF
    Supremo nega recurso de Lula contra Moro
    Sergio Moro autoriza uso da Força Nacional para combater incêndios na Amazônia
    Tags:
    Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Carmen Lúcia, Celso de Mello, Luiz Edson Fachin, Supremo Tribunal Federal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar