02:16 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Imagem de queimada na Amazônia, no município Porto Velho, Rondônia

    Após Trump, UE também oferece ajuda no combate contra incêndios no Brasil

    © REUTERS / UESLEI MARCELINO
    Brasil
    URL curta
    1299
    Nos siga no

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, expressou suas dúvidas relativamente às perspectivas do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul devido à situação dos incêndios florestais que estão atingindo a Amazônia.

    Donald Tusk fez estas declarações durante a coletiva de imprensa realizada antes da cúpula do G7, que começa hoje em Biarritz, França.

    "Os incêndios na Amazônia são um sinal muito triste. Nós apoiamos o acordo com o Mercosul, mas me custa imaginar o processo da ratificação do acordo pelos países membros da UE com um país que permite a destruição dos 'pulmões' de nosso planeta", lamentou o presidente do Conselho Europeu.

    "Ao mesmo tempo, a União Europeia está disposta a oferecer ajuda financeira ao Brasil no combate aos incêndios florestais", acrescentou.

    Trump propõe ajuda para proteger Amazônia

    Na sexta-feira (23) o presidente dos EUA Donald Trump teve uma conversa telefônica com Jair Bolsonaro. Após o contato, o presidente dos EUA escreveu sobre o tema nas redes sociais, oferecendo ajuda no combate aos focos de queimada.

    "Acabei de falar com o presidente Jair Bolsonaro do Brasil. Nossas perspectivas comerciais futuras são muito interessantes e nossa relação é forte, talvez mais forte do que nunca. Eu disse a ele que, se os Estados Unidos puderem ajudar a combater os incêndios na floresta amazônica, estaremos prontos a ajudar!".

    Jair Bolsonaro elogiou as palavras de apoio do presidente Donald Trump e a disposição de ajudar o Brasil a proteger a floresta amazônica.

    Na quinta-feira (22), o secretário-geral da ONU, António Guterres, também expressou preocupação com os incêndios, dizendo que, em meio a uma crise climática global, o mundo não pode perder sua principal fonte de oxigênio e biodiversidade.

    Mais:

    Bolsonaro se pronuncia sobre Amazônia e é recebido com 'panelaços' pelo Brasil (VÍDEOS)
    Chanceler venezuelano convoca nações da Amazônia para discutir incêndios
    Defensoria do Peru pede convocação de nações da Amazônia contra incêndios
    Tags:
    Jair Bolsonaro, Donald Trump, EUA, União Europeia, incêndio florestal, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar