00:27 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante o discurso no Palácio do Planalto, 1º de agosto de 2019

    Em pronunciamento, Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios amazônicos

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    61212
    Nos siga no

    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, realizou um pronunciamento, transmitido em rede nacional nesta sexta-feira, para comentar a situação dos incêndios na Amazônia.

    O presidente pediu "serenidade ao tratar dessa matéria" e disse que divulgação de "fake news" e de mensagens infundadas "dentro ou fora do Brasil", somente promovem uso político do tema e desinformação.

    "É preciso, por outro lado, ter serenidade ao tratar dessa matéria. Espalhar dados e mensagens infundadas, dentro ou fora do Brasil, não contribui para resolver o problema, e se presta apenas ao uso político e desinformação", disse Bolsonaro.

    O chefe de Estado também prometeu que o governo tem "tolerância zero" com a criminalidade e que o mesmo será colocado em prática na área ambiental.

    Ele autorizou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) sobre o emprego das Forças Armadas para ajudar no combate aos incêndios na floresta amazônica, além de oferecer ajuda aos governos estaduais da Amazônia Legal.

    "Somos um governo de tolerância zero com a criminalidade, e na área ambiental não será diferente. Por essa razão, oferecemos ajuda a todos os estados da Amazônia Legal. Com relação àqueles que a aceitarem, autorizarei operação de Garantia da Lei e da Ordem, uma verdadeira GLO ambiental", declarou o presidente.

    O discurso de Jair Bolsonaro foi acompanhado por intensos "panelaços" nas em diversos bairros das capitais do país.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar