08:41 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Boris Johnson em Moscou.

    Primeiro-ministro britânico diz que incêndios na Amazônia representam 'crise internacional'

    © Sputnik / Aleksei Filipov
    Brasil
    URL curta
    101910
    Nos siga no

    O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, manifestou a sua preocupação com os incêndios na Floresta Amazônica, afirmando que as queimadas representam uma "crise internacional".

    Johnson ofereceu a colaboração do seu país para ajudar no combate aos incêndios e na preservação da Amazônia.

    ​“Os incêndios que assolam a floresta amazônica são desoladores, mas também uma crise internacional. Estamos dispostos a fornecer toda a ajuda que pudermos para controlá-los e ajudar a proteger uma das maiores maravilhas da Terra”, disse ele no Twitter.

    O porta-voz do primeiro ministro também declarou que Boris Johnson "está profundamente preocupado com o aumento de incêndios na floresta amazônica e o impacto da trágica perda desses preciosos habitats".

    “O efeito desses incêndios será sentido em todo o mundo e é por isso que precisamos de ação internacional para proteger as florestas tropicais do mundo. O Reino Unido continuará apoiando projetos no Brasil para fazer isso, e o primeiro-ministro usará o G7 para pedir um foco renovado na proteção da natureza e no combate às mudanças climáticas”, acrescentou o porta-voz, citado pelo The Guardian.

    Mais:

    Governo Merkel também defende debate sobre incêndios na Amazônia pelo G7
    Bolsonaro diz que 'tendência é levar as Forças Armadas' para Amazônia
    Embaixadas brasileiras em vários países são alvos de protestos em defesa da Amazônia (VÍDEOS)
    Tags:
    Amazônia, incêndio, Grã-Bretanha, Boris Johnson, Floresta Amazônica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar