14:25 11 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    PRF faz operação na Ponte Rio-Niterói durante sequestro de ônibus, 20 de agosto de 2019.

    Sequestrador de ônibus na Ponte Rio-Niterói usou arma de brinquedo, diz porta-voz da PM

    © REUTERS / Ricardo Moraes
    Brasil
    URL curta
    450
    Nos siga no

    O porta-voz da Polícia Militar (PM), coronel Mauro Fliess, informou que o sequestrador que deixou 31 reféns em um ônibus na Ponte Rio-Niterói na manhã desta terça-feira (20) usou uma arma de brinquedo.

    Após mais de 3h30 de cerco, o sequestrador foi morto por um disparo de um atirador de elite. Todos os reféns foram liberados.

    De acordo com o porta-voz da PM, o disparo do sniper foi necessário para neutralizar o bandido.

    "Essa é a polícia que queremos ver. Foi necessário o disparo de um sniper para neutralizar o marginal e salvar todas as pessoas do ônibus. Ele está em óbito no local. Morreu. Estamos prestando toda atenção à saúde dos reféns e agindo com solidariedade. Parabenizo todos os envolvidos. Com a convicção que tínhamos, ela [a operação] terminou com êxito. Nenhum refém ferido, eles estão recebendo atendimentos médicos e psicológicos em caso de necessidade. Mas nenhum ferimento", disse o coronel Fliess à TV Globo.

    "Ele estava de posse de uma arma de brinquedo, porém, ele jogou combustível no ônibus e ameaçava incendiá-lo. Após ele ser neutralizado, as equipes identificaram que a arma que ele portava era de brinquedo", informou o porta-voz.

    Ainda não se sabe qual foi a motivação do sequestrador. A PM acredita que a ação tenha sido premeditada.

    Mais:

    'Quem mora em bairro nobre não sofre com o caveirão': é hora de desmilitarizar a polícia? (VÍDEO)
    Sequestro termina com morte de suspeito e reféns liberados na ponte Rio-Niterói (VÍDEOS)
    Homem morre após ser chifrado em corrida de touro na Espanha (IMAGENS FORTES)
    Tags:
    arma, atirador, Ponte Rio-Niterói, sequestro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar