01:57 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante o discurso no Palácio do Planalto, 1º de agosto de 2019

    Bolsonaro ironiza Alemanha por corte de recursos para Amazônia

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    202120
    Nos siga no

    O governo alemão suspendeu parte dos recursos destinados à proteção da Amazônia, alegando preocupação com o aumento do desmatamento no país.

    O presidente Jair Bolsonaro comentou neste domingo (11) a decisão do governo alemão de cortar parte dos recursos destinados à proteção da Amazônia. De acordo com ele, a Alemanha "vai deixar de comprar à prestação a Amazônia".

    "[A Alemanha] Não vai mais comprar a Amazônia, vai deixar de comprar à prestação a Amazônia. [Eles] podem fazer bom uso dessa grana, o Brasil não precisa disso", afirmou Bolsonaro.

    De acordo com a embaixada alemã, citada pela Folha de S.Paulo, a decisão reflete "grandes preocupações com o aumento do desmatamento na Amazônia brasileira". A representação alemã acrescentou que o corte não afeta o Fundo Amazônia, do qual a Alemanha é um dos principais doadores.

    Ao ser questionado se a decisão do governo alemão poderia abalar a imagem do Brasil, Bolsonaro se negou a falar mais sobre o assunto. "Já respondi sobre isso", completou.

    Mais:

    Bolsonaro: 'maus brasileiros' usam 'números mentirosos contra Amazônia'
    Petrobras investe R$ 400 milhões em pesquisas na 'Amazônia Azul' e Antártida
    Alemanha corta parte dos recursos enviados ao Brasil para preservação da Amazônia
    Tags:
    desmatamento, Alemanha, Bolsonaro, Amazônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar