09:48 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Eike Batista sendo conduzido pela Polícia Federal, no início de 2017

    Justiça bloqueia bens de Eike Batista e filhos no valor de R$ 1,6 bilhão

    © Foto / Fernando Frazão / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    450
    Nos siga no

    O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, determinou o bloqueio de bens no valor de R$ 1,6 bilhão do empresário Eike Batista e de seus filhos Thor e Olin Batista nesta quinta-feira, a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

    Nesta manhã, Eike foi novamente preso pela Polícia Federal no Rio. Ele estava em sua casa, no bairro do Jardim Botânico, na Zona Sul da cidade, onde cumpria pena semelhante a prisão domiciliar, no âmbito da Lava Jato. A prisão e o bloqueio de bens se devem a um desdobramento dessa operação, baseado em uma investigação que apurou os crimes de manipulação de mercado e utilização de informação privilegiada, segundo informou O Dia. 

    ​Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão na casa do empresário e de seus filhos Olin e Thor, bem como na de José Gustavo Costa, ex-diretor-presidente e diretor de relações com investidores da CCX, empresa fundada por Eike. Um mandado de prisão preventiva também foi expedido para o contador Luiz Arthur Andrade Correia, o Zartha, que não foi preso porque se encontra fora do Brasil.

    Ainda de acordo com o jornal, o valor bloqueado pela justiça se refere a R$ 800 milhões por danos morais e R$ 800 milhões por danos materiais. Eike é acusado de participação em um esquema ilegal que movimentou mais de R$ 800 milhões entre 2010 e 2013, a partir da manipulação de mercados de ações e bonds de diferentes empresas.

    Mais:

    Eike Batista é condenado a 30 anos pela Justiça por corrupção e lavagem de dinheiro
    Iate de luxo de Eike Batista vai a leilão mais uma vez (FOTOS)
    Justiça do RJ autoriza bloqueio de R$ 196 milhões de Eike Batista e Sérgio Cabral
    Lucro manipulado: Eike Batista é condenado a pagar multa de quase R$ 540 milhões
    Tags:
    Marcelo Bretas, Lava Jato, Rio de Janeiro, MPF, prisão, Polícia Federal, Thor, Eike Batista
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar