03:09 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Asteroide aproxima-se da Terra

    Asteroide que 'raspou' na Terra foi identificado por brasileiros, revela jornal

    © Foto / Agência Espacial Europeia
    Brasil
    URL curta
    3183
    Nos siga no

    Astrônomos amadores de Minas Gerais detectaram na noite da última quarta-feira a passagem de um asteroide de quase 100 metros de diâmetro e foram importantes para um alerta repassado à toda comunidade internacional, revelou o jornal O Globo.

    O corpo celeste conhecido por Asteroid 2019 OK passou a 71,4 mil km de distância da Terra, por volta das 22h22 da quarta-feira passada. O objeto passou muito perto do planeta, o que gerou um alerta para uma rede ligada à União Astronômica Internacional (UAI).

    "Se houvesse colisão, possivelmente seria no oceano Índico e poderia causar uma tsunami nas ilhas ao redor", disse ao jornal o engenheiro civil Cristóvão Jacques, diretor do Observatório Sonear (ou Observatório Austral para Pesquisas de Asteroides Próximos à Terra), responsável pela descoberta.

    O asteroide viaja ao redor do Sol a uma velocidade entre 50 mil e 60 mil km/h e, de acordo com Jacques, passará novamente próximo à Terra em 2035 e 2086, seguindo o seu ciclo de dar a volta completa ao redor do Sol a cada 2,7 anos.

    Ainda segundo a publicação, o corpo celeste teria o potencial de destruir uma metrópole caso colidisse com uma área continental. Ele é um dos 17 mil asteroides já identificados e que passaram próximos à Terra.

    Mais:

    Rota de colisão com Terra: quarteto de asteroides que podem atingir Planeta Azul
    NASA pretende explorar asteroide que poderia tornar todos os terráqueos milionários
    Sonda japonesa envia FOTOS após 2ª aterrissagem no asteroide Ryugu
    Tags:
    astronomia, corpo celeste, asteroide, Lua, Terra, Sol, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar